Quantas vezes você já ouviu a frase de William Edwards Deming “O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”? Ou a adaptação de Peter Drucker “O que pode ser medido pode ser melhorado”. E é exatamente com esses objetivos (medir, gerenciar e melhorar) que os dashboards são ferramentas essenciais para uma gestão mais eficiente.

Por isso, no post de hoje vamos explicar o que é dashboard e como construir um para sua empresa. Vamos lá?

O que é dashboard?

Dashboard é um painel com grande apelo visual no qual é possível observar, de maneira mais integrada, informações de métricas e de indicadores de uma organização em tempo real. No geral, essa ferramenta é utilizada por diversos setores diferentes para monitorar as informações relacionadas à performance do negócio. Além disso, o dashboard é fundamental para uma tomada de decisão mais qualificada e assertiva.

Para que um dashboard seja efetivo, é necessário que ele apresente informações relevantes para a estratégia da empresa. Ou seja, não é preciso que todos os números da empresa apareçam neste painel, pois o excesso de dados não contribuirá para uma análise mais criteriosa. Assim, é necessário decidir quais dados e de quais setores irão compor o dashboard como.

Para que servem os dashboards?

Devido a sua representação visual extremamente intuitiva dos indicadores e métricas que realmente impactam o negócio (no geral, os dashboards aparecem em formato de gráficos e tabelas), esta ferramenta é utilizada para acompanhar a performance da empresa e para a tomada de decisão. Assim, de maneira resumida, os dashboards servem para:

  • Mostrar indicadores e métricas de forma objetiva e clara;
  • Facilitar o monitoramento destes dados;
  • Monitorar o desempenho organizacional;
  • Apoiar a tomada de decisão.

Como criar um dashboard para o seu negócio?

Separamos aqui algumas dicas de como criar um dashboard para sua empresa.

Defina quais os objetivos

Antes de criar um dashboard, é necessário planejar e responder a seguinte pergunta: “Qual é a finalidade do dashboard?”. Com base nesta resposta, serão definidas as métricas e os KPIs.

Defina quais as métricas e KPIs serão utilizados

KPI é uma sigla inglesa para Key Performance Indicator, ou seja, Indicador-chave de Performance e são definidos a partir das métricas. Já as métricas apresentam informações sobre alguma área do negócio, mas não estão associadas a nenhuma meta definida.

Dentro do grande número de dados gerados diariamente por toda organização, é fundamental definir quais as métricas e KPIs mais relevantes para aparecerem no dashboard.

Defina o layout

Como explicado anteriormente, um dos diferenciais de um dashboard é seu apelo visual e instintivo. Por isso, é fundamental definir qual será o design do seu dashboard, pois ele precisa apresentar os dados e métricas definidos de uma maneira atrativa e de fácil compreensão.

Adotando um dashboard na prática

Em primeiro lugar, é necessário ter os dados da sua empresa organizados em um ERP. Desta forma, este ERP precisa atender a operação da empresa, mas também precisa ter a função de extrair dados de maneira automatizada. E, em segundo lugar, utilizar uma ferramenta de Business Intelligence (BI). Os softwares mais famosos de BI é o Power BI (da Microsoft) e o Tableau.

Ficou evidente que a adoção de um dashboard qualificado é fundamental para potencializar os resultados do seu negócio, não é mesmo? Apesar de realmente ser uma ferramenta fantástica e poderosa, o investimento necessário é menor do que você possa imaginar. Ficou curioso para conhecer mais sobre BI e dashboards? Fale com um dos nossos especialistas e receba uma consultoria gratuita. Somos uma empresa especializada em soluções digitais. E é isso que a Ubiqui faz: cria soluções para agregar valor ao seu negócio. Quer saber mais? Entre em contato conosco.