Quando uma empresa começa o planejamento das suas vendas no ambiente digital, logo vem a dúvida: é melhor criar uma loja virtual ou vender através de um marketplace? No post de hoje vamos comparar estes dois ambientes, destacando vantagens e desvantagens para você optar pelo melhor para o seu tipo negócio.

O que é uma loja virtual?

A loja virtual é a plataforma pela qual uma marca irá vender seu produto. Ou seja, por ser uma loja da empresa (mas no ambiente virtual), ela é responsável pela criação, design e identidade visual do site, regras de negócios (como, por exemplo, as formas de pagamento e como é a logística), investimentos, riscos, dentre outros. Além disso, é necessário investir em divulgação para atrair visitantes, já que o “endereço” da sua loja virtual é novo. A loja virtual própria também permite a criação e implantação de estratégias mais específicas que gerem, por exemplo, um aumento da taxa de conversão.

Principais benefícios da loja virtual

Os principais benefícios deste tipo de plataforma são:

  • autonomia;
  • exclusividade para a marca;
  • maior margem de lucro.

Entendendo o que é o marketplace

O marketplace é um formato semelhante ao shopping virtual: ou seja, reúne em um mesmo ambiente diversas marcas. O marketplace vai intermediar a venda do seu produto para o cliente. Ou seja, o marketplace será o canal de venda pelo qual o cliente irá comprar o seu produto.

Principais benefícios do marketplace

Os principais benefícios do marketplace são:

  • boa visibilidade nos motores de busca, como o Google;
  • grande número de visitantes;
  • maior número de retenção de clientes;
  • do ponto de vista do vendedor, é uma gestão muito mais simples;
  • investimentos com divulgação fica sob a responsabilidade do marketplace;
  • investimento com a infraestrutura digital como, por exemplo, o desenvolvimento de aplicativo também é responsabilidade do marketplace.

Desvantagens do marketplace

Do ponto de vista da marca que quer vender seus produtos através do marketplace, as principais desvantagens são:

  • Pagamento de comissões;
  • Número alto de concorrentes;
  • Pouca autonomia.

Como escolher entre uma loja virtual e o marketplace?

Não existe uma única resposta correta: como foi visto, ambos os modelos têm vantagens e desvantagens. Para que uma empresa defina qual modelo de negócio é mais vantajoso, é necessário definir quais são os objetivos do negócio e responder algumas questões:

  • Você tem capital para investir? Em caso positivo, a loja virtual é um modelo interessante e que requer um investimento inicial. Já no marketplace, a infraestrutura digital já está montada;
  • Como o consumidor vai chegar ao seu produto? No caso de uma loja virtual, o investimento com divulgação cabe à sua empresa. No caso do marketplace, você aproveita o tráfego que a plataforma já tem, além destes investimentos serem de responsabilidade do marketplace;
  • Quem são os concorrentes dos seus produtos? Com uma loja virtual própria, a empresa tem total controle e autonomia para flexibilizar vários pontos, assim como definir as melhores estratégias de divulgação em relação à concorrência. Já no marketplace, é possível que seus concorrentes estejam na mesma plataforma e, com isso, você tenha poucos instrumentos para se diferenciar.

Agora que você já sabe as características de cada uma das plataformas, loja virtual e marketplace, que tal uma consultoria gratuita com uma empresa especializada e focada em negócios digitais? É isso que a Ubiqui faz: cria soluções para agregar valor ao seu negócio. Quer saber mais? Entre em contato conosco.