Independente do segmento da empresa, a tecnologia acaba fazendo parte das rotinas de todas as organizações. Obviamente que à medida que a empresa vai crescendo, esta necessidade de soluções tecnológicas é incrementada e, assim, a infraestrutura em Tecnologia da Informação (TI) torna-se cada vez mais complexa. Porém, muitas empresas não estão preparadas para esta expansão e, a partir daí, podem surgir gargalos, entraves e obstáculos. Assim, é necessário entender a importância de uma crescimento sustentável, para que os sistemas funcionem com fluidez e agilidade.

Por isso, no post de hoje vamos entender o que é integração de sistemas e quais os benefícios que ela pode trazer.

Entendendo o que é a integração de sistemas

A integração de sistemas tem como objetivo promover a melhoria do desempenho organizacional, otimizando suas operações através de uma maior comunicação e integração entre as diferentes áreas e processos através de um fluxo de trabalho mais eficiente. Ou seja, é a integração do ambiente digital de um negócio para garantir que os diferentes sistemas “conversem” entre si”.

Mas, afinal, por que é tão importante que sistemas de áreas diferentes “conversem” entre si? Porque é fundamental que possam ser trocados dados entre os diversos setores de uma empresa gerando, assim, uma organização mais eficiente, produtiva e com menores divergências de informações. Por exemplo: é necessário que o sistema de compras possa trocar dados com o sistema financeiro da mesma empresa para que não haja inconsistência de dados e as decisões possam ser tomadas de maneira mais assertiva.

Para que serve a integração de sistemas?

A integração de sistemas causa um forte impacto no negócio como um todo, pois as rotinas tornam-se mais eficientes, além dos processos ficarem mais colaborativos entre os diversos setores. Além disso traz como vantagens:

  • Redução de custos: com a criação de fluxos de trabalhos mais simples e integrados, há uma eliminação dos gargalos operacionais, da necessidade de retrabalho e, com isso, uma redução de custos.
  • Otimização dos processos: os processos tornam-se mais ágeis e eficientes, além de ter uma maior integração entre os setores, potencializando os resultados para a empresa.
  • Melhoria na performance: a integração de sistemas gera uma alta performance, aumentando a capacidade da empresa.

Como fazer a integração de sistemas

Para realizar uma integração de sistemas, destacamos aqui 2 (dois) pontos de atenção:

  • Escalabilidade de memória: com o crescimento da organização, também cresce a quantidade de dados transmitidos. Por isso, é necessário se preocupar com o desempenho e a confiança, ou seja, investir em estruturas com maior capacidade de processamento.
  • Segurança: é necessário cuidar da segurança do sistema, principalmente quando ele é integrado, preocupando-se com a privacidade, confidencialidade e a segurança das informações de maneira geral.

Assim, a integração de sistemas é fundamental para as organizações que desejam otimizar seu desempenho e reduzir custos operacionais. Quer entender mais sobre integração de sistemas? Que tal uma consultoria gratuita com uma empresa especializada e focada em inovação? É isso que a Ubiqui faz: cria soluções para agregar valor ao seu negócio. Quer saber mais? Entre em contato conosco.