A economia brasileira é composta, em sua grande maioria, por pequenas empresas. No Brasil, temos um total de 19.790.325 de empresas em funcionamento (Empresômetro, 2020). Destas, 15.061.821 são considerados pequenos negócios (DataSebrae, 2020). Ou seja, 76,10% das empresas ativas no Brasil são consideradas pequenas empresas.

E quando falamos de e-commerce, os números são expressivos: em 2019 teve um faturamento de R$ 75,1 bilhões, um aumento de 22,7% em relação ao ano anterior. O ticket médio foi de R$ 420,40, tendo um total de feitas 178,5 milhões de compras (NeoTrust 2ª edição, 2020). É um grande volume de geração de negócios que, a cada ano, cresce de maneira substancial.

Ou seja, é importante para que os pequenos negócios ampliem a sua atuação e comecem a investir de maneira planejada dentro deste ambiente digital.

Vantagens de ter um e-commerce para um pequeno negócio

Há vários pontos positivos para uma pequena empresa ampliar a sua atuação através da abertura de um e-commerce. Separamos aqui 5 (cinco) vantagens:

Excelente custo-benefício

Ter ou manter uma loja física gera muitos custos. Todos esses custos podem ser minimizados quando se atua no comércio eletrônico. Assim, para quem deseja abrir um negócio, uma excelente opção é começá-lo no ambiente virtual, pois necessita de um investimento inicial menor (porém, lembre-se: a necessidade de planejamento é a mesma). Para quem já tem uma loja física, ampliar sua atuação através da internet também pode ter uma excelente relação de custo-benefício.

Aberta 24 horas durante os 7 dias

A loja física tem horário de funcionamento que, nem sempre, pode ser compatível com a rotina dos seus clientes. Já a loja online não tem esta limitação: ela está aberta sempre. Seu cliente, de qualquer lugar, apenas munido de um celular, tablet ou computador com acesso à internet, pode comprar com você com toda a comodidade.

Expansão do negócio

A atuação através do e-commerce é uma forma de expandir os seus negócios de maneira muito eficiente, sendo que não é necessário fazer um grande investimento financeiro no começo. Para conhecer esse novo mercado online, é possível começar com pequenos investimentos e, à medida que a geração de negócios for crescendo, investir mais para manter um crescimento sustentável. Pela sua própria característica, o e-commerce permite um grande alcance geográfico e de público.

Interação com clientes

Com o e-commerce, e outras ações e estratégias de Marketing Digital, é possível gerar uma grande interação com seus clientes. Com essa proximidade no relacionamento, você terá muitos insights para definir melhor a estratégia da sua empresa, focando no seu cliente e na geração de novos negócios. No caso dos pequenos negócios, essa interação também gera aumento de credibilidade e reconhecimento para a marca. Os posts sobre Inbound Marketing, Instagram e Facebook podem ser interessantes para você definir as estratégias digitais para o negócio.

Integração com marketplaces

Além de você ter um e-commerce para seu negócio, uma outra possibilidade para expandir a atuação é integrá-los como diferentes marketplaces. O marketplace é um modelo de negócio que muito se assemelha a um grande shopping virtual. Ou seja, são portais de venda online que reúnem em um só ambiente várias marcas e “lojas”. A vantagem para as pequenas empresas que estão começando um e-commerce é que, através destes marketplaces, elas conseguem adquirir visibilidade e reconhecimento. Ou seja, elas ficam expostas de maneira positiva a um grande número de potenciais clientes que ainda não conhecem a sua marca.

Primeiros passos

Agora que você já se convenceu sobre a importância de abrir um e-commerce para seu pequeno negócio, é necessário fazer um bom planejamento. Apesar de abrir um e-commerce ser extremamente vantajoso, é necessário ter cuidado para não fragilizar a sua marca. Quer deixar isso na mão de especialistas? Receba uma consultoria gratuita conosco. A Ubiqui cria soluções para agregar valor ao seu negócio digital. Quer saber mais? Entre em contato conosco.