Entenda como iniciar o desenvolvimento do seu app e quais são os benefícios para o negócio.

Muitas empresas perceberam as vantagens da economia digital e, com isso, têm investido em soluções que trazem maior praticidade, seja para uso interno da própria empresa ou para o uso dos clientes. Assim, o desenvolvimento de aplicativos, ou app, tem aumentado muito no intuito de atender às necessidades de customização e diferenciação das organizações. O app é um software (ou programa) desenvolvido para smartphones e/ou tablets.

Para uma empresa, ter seu app próprio pode trazer inúmeros benefícios, tais como:

  • Melhorar a experiência do usuário e/ou cliente.
  • Transmitir maior credibilidade.
  • Facilitar as transações e/ou operações.
  • Aumentar o número de usuários.

Agora que você já sabe quais são os benefícios de criar um app próprio para seu negócio, vamos entender os passos necessários para sair da teoria para a prática.

Definir a ideia ou identificar o problema

Antes de qualquer coisa, é necessário entender qual será o objetivo do desenvolvimento do app. Qual o problema que ele irá resolver? O app precisa ser a solução inteligente para uma determinada questão que, até então, encontra-se aberta ou com uma resposta que pode ser melhorada. Com esse ponto de partida, o problema, imagine como o app poderá resolvê-lo.

Validar a ideia e pesquisar

Neste ponto, você irá entender até que ponto sua ideia é original e/ou haverá uma demanda para seu app. É importante:

  • Descobrir se já existem outros apps com a mesma função.
  • Definir as inspirações de design e experiência para seu aplicativo.
  • Definir os requisitos técnicos.

Desenvolver o plano de negócios

É o momento de começar a detalhar sobre seu aplicativo em um documento. É importante tentar especificar o máximo possível, inclusive sobre como será a navegabilidade no app, assim como as funções. Um grande auxiliar nesta fase pode ser trabalhar em Wireframes, que ajuda definir a hierarquia das informações no design.

Design e desenvolvimento do App

Quando falamos do design do aplicativo, não se refere apenas a parte relacionada com o seu visual. Obviamente que isso precisa ser levado em consideração, pois precisa ser atraente. Porém, é fundamental entender a experiência do usuário durante a navegação pelo app e focar também e como melhorar essa utilização. Esta fase, no geral, será necessário recorrer a um profissional ou uma empresa com esse expertise, pois é uma questão muito específica e técnica.

Homologar a aplicação

Com o protótipo do aplicativo, comece a fazer testes. Peça para colaboradores, parceiros, especialistas e, até amigos, para avaliá-lo e testá-lo. Identifique as possíveis falhas e quais funções podem ser melhoradas. Depois dos ajustes realizados, é importante realizar uma nova rodada de testes e avaliações.

Publicar nas lojas

Depois de todas estas fases, chegou a hora do lançamento do seu aplicativo. É o momento de publicar seu app nas lojas para ele ficar disponível para download. Essas empresas têm políticas diferentes sobre a publicação de apps. As mais populares são:

  • App Store
  • Google Play
  • Galaxy Store, antiga Galaxy Apps
  • Amazon Appstore

Divulgar o App

Lembre-se que apenas disponibilizar seu aplicativo nas lojas não é suficiente. É necessário divulgar para potenciais clientes e clientes. A depender do segmento e do objetivo do app, é possível lançar, por exemplo, um cupom de desconto exclusivo para compras realizadas através dele.

Se você se interessou por este tema e gostaria de conversar com uma empresa especializada, solicite para a gente uma proposta.

Com um bom planejamento e parceria com empresas especializadas em desenvolvimento de aplicativos é possível obter resultados relevantes para o negócio.